Lilypie Kids Birthday tickers

terça-feira, novembro 27, 2007

Brincar é preciso...

Hoje a minha querida amiga Rita mandou-me um artigo de Daniel Sampaio acerca do facto das crianças portugueses serem as que menos brincam com os pais. Já noutro dia tinha ouvido esta notícia no rádio e fiquei impressionada, embora seja muito fácil perceber o porquê de ser assim. Por muito que ás vezes queiramos dar a atenção que os nossos filhos merecem, muitas vezes temos tanta coisa para fazer que acabamos por não ter o tempo que seria ideal para brincar com eles. Em geral, lá em casa, tentamos sempre estar com o Tiago algum tempo de qualidade, a maior parte das vezes depois de jantar, para que ele usufrua da nossa companhia para as brincadeiras que lhe apetecer no momento (geralmente fazer garagens para os popós com os legos, ler uma história, brincar com umas cartas bem engraçadas que vêm nos iogurtes mimosa, etc.), mas por vezes, depois de um dia de trabalho a vontade é deitar os costados no sofázinho debaixo do edredão a ver qualquer coisa na televisão…

O artigo está mesmo muito interessante!!! E termina de uma forma que me faz recordar algo:

"Mais do que os livros ou revistas, que embora cruciais podem dar olhares perturbados da realidade (sobretudo se não os lermos em conjunto com os mais novos); mais do que recomendações palavrosas dos pais para filhos tantas vezes não ouvidas ou depressa esquecidas; muito mais do que o último jogo de computador, em breve substituído pelo que acaba de sair, ou consumido a correr para alcançar o objectivo "vencer mais um obstáculo", a resposta está no olhar da criança que nos pede: "Podes brincar comigo?"" Daniel Sampaio

“Mamã, anda bincái popós Tiáu

8 comentários:

Rita disse...

A amiga Rita só te manda coisas interessantes...Estás cá este fds??
Jokas

O Príncipe Duarte disse...

Foi uma reportagem interessante eo artigo tb é mto interessante.

Temos que "descobrir" sei lá aonde, mais tempo para brincar com os nossos filhos.

Bjs

alice+duarte

Luazinha disse...

N tenho filhos, mas tou a fazer por isso e uma das coisas que me aflige é exactamente isso! A falta de tempo util para os pirralhos!
Mtas da x a culpa é pura e simplesmente das poucas 24h q o dia tem, mas principalmente a culpa tb parte da entidade patronal e da sua compreensão para o tempo necessário e merecido para a boa educação e acompanhamento duma criança!
O que me doi ver uma criança até as 19.00 num infantário!!??
Kiss

Lúcia disse...

Há tempos escrevi sobre isso mesmo, por cá brincamos todos os dias um bocadinho com ela, nem que seja no banho. Por vezes não me apetece mas nesses dias relembro-me que ela não tem culpa nenhuma e merece o " sacrificio" de fazer um esforço por ter paciência e fazer o que eles sabem melhor que ninguem, brincar.
Quanto ao que viste, viste mal, porque há sessões para escolas e há sessões para o publico em geral ( Domingos sessões às 11h ).
Bjnhs

Baguigolas disse...

Sem duvidas! o probl é mesmo e só o tempo.

Filipa disse...

Pois, pois, o pior é chegar do trabalho às 19h, fazer o jantar, tratar do banho, jantar... para ele se deitar o mais tardar às 21h30... não sobra muito tempo...
As mães deveriam trabalhar apenas em part time e receber por inteiro, claro!

Rita disse...

Muito bom Aninha! Espero que nós cá por casa nos consigamos organizar de forma a que brinquemos muito com ela. MAs realmente é um grande desafio nos tempos que temos hoje, conseguirmos estar com eles de forma a que tenham o tal "quality time". Eu espero consegui-lo.
Beijo GRANDE

Eskisito disse...

Acredito que o tempo passado com o filho faz toda a diferença em termos de educação. E se for a brincar, melhor ainda.
Beijos